top of page

HISTÓRIA DO CALIBRE 9 mm LUGER

No final do século XIX, os exércitos europeus buscavam substituir os tradicionais revólveres, já considerados obsoletos. Paralelamente, surgiam os primeiros protótipos de pistolas semiautomáticas, despertando o interesse dos comandantes militares e consequentemente das fábricas de armamentos.

Nesse cenário, é lançada a Borchardt C-93, primeira pistola semiautomática produzida em escala comercial. Mas a C-93 acabou não sendo aprovada pelas forças armadas, especialmente pelo formato pouco adequado às exigências militares, pelo seu peso e comprimento avantajado. Georg Luger, um dos projetistas da C-93 e engenheiro da empresa de armas alemã DWM, decide promover ajustes no projeto inicial da pistola, de forma a reduzir tamanho e peso e melhorar sua portabilidade. Ele adaptou o calibre original 7.65 x 25 mm para 7.65 x 21 mm, ficando este conhecido como 7.65 mm Parabellum ou .30 Luger, e acabou por lançar a primeira da linha de pistolas de nome Luger, no ano de 1898. A arma, batizada de Luger modelo 1900, foi aprovada em testes pelo exército da Suíça e passou a ser produzida em massa.


Apesar da boa aceitação da Luger 1900, os comandantes militares pediam melhorias, especialmente um projétil mais pesado e de maior calibre. No ano de 1902, Luger modificou o estojo da 7.65 mm Parabellum, mantendo o mesmo comprimento, mas abandonando o formato "garrafa" e introduzindo um novo tipo de projétil. Nascia assim o 9 x 19 mm ou 9 mm Luger, também conhecido por 9 mm Parabellum. Uma pausa na história do 9 mm para explicar o termo Parabellum: o nome foi aproveitado da expressão em latim "para bellum", presente na marca da empresa DWM. O novo tipo de munição conquistou a preferência do exército e da marinha alemã, sendo adotado em definitivo a partir do ano de 1908, juntamente com a pistola Luger modelo P08, uma das mais famosas armas do século XX, sonho de colecionadores até os dias atuais.


Em 1910, o projétil passou por uma adequação, tornando-se mais arredondado, para minimizar panes na alimentação. Chegou-se então ao formato do 9 mm Luger (ou Parabellum) como ainda hoje é produzido. Com o passar dos anos, projéteis expansivos foram adotados, bem como novas ligas metálicas e composições de propelentes. Hoje, munições 9 x 19 mm Luger são as mais utilizadas por forças policiais e militares em todo o mundo.


Quer saber mais sobre o mundo das armas? Venha até a nossa loja. Rua Marajó 315, Joinville, SC. Abrimos de segunda a sexta das 09h às 19h e aos sábados das 9h às 14h. Contato: 47 9 9192-1477


625 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page